Ilusão? Para ele não é a primeira vez!
Só que dessa vez, foi um pouco diferente de muitas outras. Sabe por quê? Porque desta vez, ele parou para pensar e repensar, para saber o que sentia, para não arriscar em expor algo que talvez não sentia.
E nesses pensamentos ele soube, que sim. Que sim? É que aquela garota de jeito meigo, de sorriso lindo, e que as vezes é misteriosa é difícil de entender. Como muitos dizem.
Hum,o que tem ela? O que tem, é que ele a ama. Ama seu jeito. Ele ama aqueles cachinhos. Cachos que agora são “dourados”.
E ele queria poder encaixar os dedos, naqueles cachos dourados, e ficar por alguns minutos olhando no fundo dos olhos dela, sem dizer nada. E abraçá-la. Poder desvendar alguns “mistérios” e fazer muito mais.
Só que ele sabe controlar o que sente. Sabe o que é limite.
E foi ilusão. Foi ilusão ele achar que muitas coisas postadas por ela seriam para ele. Mas é que sempre a incerteza batia na porta, sobre tudo. Ele também sabia que não era, só ele que queria essa garota meiga e difícil. Ele já sabia que não era só ele e, como muitos, queria descobrir os mistérios dela. Ele sabia!
Ilusão, para ele não é a primeira vez! (Nem a última vez). Só que ele vai superar, como os outros. Mais diferentes dos outros, ele tem a certeza de que algo forte sentia.
Bobo fui eu!

Deixe Sua Opinião Ela é Importante Para Nós

SHARE
Previous articleMedalhista de ouro, sim, eu sou! E você?
Next articleDia desses eu me apaixonei…
Emanoel Filipe
Escrevo eu mesmo. Escrevo o que penso, e sinto. Exponho em um simples papel, todos os meus sentimentos e confusões!