Cartas

Algumas coisas não acabam quando terminam

Ontem me esbarrei com você!
Havia tempo que não nos víamos.
Mesmo com um cumprimento ainda tímido, meio sem jeito, com meio sorriso e um abano de cabeça. Um encontro rápido, ficamos surpresos talvez, mas o momento não perdeu sua importância.
Um instante, sem palavras trocadas, um tanto rápido e singular.
Ali, naquela troca de olhares, foi recíproco a sensação de felicidade em ver um ao outro, de ambos finalmente se perdoarem e quererem o bem.
Perdão sim, pois por um longo tempo as mágoas fizeram com que ambos proferíssemos palavras pesadas e agíssemos carregados por sentimentos negativos.
É, quando nossa relação chegou ao fim, estávamos magoados, amargurados… Passamos por um período nebuloso, que fez com que nos esgotássemos emocionalmente. Foi inevitável o término!
Cada um de nós dois continuou o seu caminho. Não foi fácil se adaptar a uma nova vida, onde já não estávamos mais presentes um na vida do outro, depois de tantos anos juntos.
Não é porque chegamos ao fim de nossa relação que esqueceremos de tantos bons momentos que tivemos. Passamos alguns anos dividindo sonhos, realizações, compartilhando nossas vidas. Vivemos a nossa história! Passou…
Hoje, cada um está vivendo um novo relacionamento, construindo uma nova história. O amadurecimento nos permitiu a abrirmos nossos corações para novos sentimentos. Assim, novas pessoas puderam nos mostrar um novo jeito de amar.
Passado todo esse período, compreendemos como o tempo nos fez amadurecer. Acredito que você compartilha do mesmo sentimento meu: algumas coisas não acabam quando terminam!
E, naquele momento que nos esbarramos, finalmente nos perdoamos, mesmo que em silêncio. E veio o alívio! Ali, sentimos que nosso carinho e gratidão de um pelo outro é recíproco. O que passou, passou. Fica o desejo pela felicidade mútua.
A vida segue!

Wanessa Rocha

Apaixonada por poesia, cores, sabores, lugares, sorrisos, livros, fotografia, músicas, família, amigos, natureza... Uma pequena andarilha errante de alma transparente e eterna aprendiz com a vida!

Deixe uma resposta