Eu penso em você todos os dias. Tem dias que mais. Outros menos. Um relapso temporal da memória ao piscar, antes dos sonhos invadirem o lugar do pensamento. Tenho pensado em você feliz e realizado. Assim como estou. Pensado no quão poético é a incrível certeza em que não ficaremos juntos.
 
Meu sonho é voar. Tenho asas. Já você… Cria raízes profundíssimas com suas origens. Eu, nunca me vi presa à lugar algum. Vida cigana. Mar sem fim. Um poema abstrato, ou um texto feito Capitu, que te faz deduzir mil fins, mil interpretações. Sem um final apropriado certo. E não ter lugar, já me ensinou a nunca fazer morada. Sou dessas vírgulas intermináveis, sou tão complexa e indefinida que você enjoaria e vomitaria em mim a hipocrisia dos seus próprios interesses na primeira volta que o meu mundo fictício desse.
 
Eu te amo calada. Sem esperanças de reciprocidade. Eu só pisco e penso em ti. O sorriso que emana é sempre seu antes das pálpebras rotularem o meu cansaço. Deu saudades de … Dormi.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here