Overdose Poética

Apenas um Degrau

Cheguei aqui em baixo!
Te vejo no topo.
Começo a subir
Parece que escalo uma montanha.
A viagem é cansativa
Vejo um horizonte que parece não findar.
Paro no meio do caminho
Me pego pensando em você.
Estou sonhando?
E nesse momento
Sou tomado por uma angustia.
Penso em desistir.
Vale a pena essa caminhada?
As pernas travam.
Não consigo sequer dar um passo.
Olho e te vejo ainda no topo
E mesmo assim não consigo escalar.
Mas é apenas um degrau na escada.

Eder Pereira

Desde cedo se fez poeta, muito pela influência do seu avô Maurílio e sua mãe Marileide, sonha desde pequeno escrever um livro, contar histórias em versos e rimas, sempre muito fascinado pelo mundo da escrita e como você pode viajar por ele mesmo sem sair do lugar, "O Uivo da alcateia tem alcançado seu coração, e o Lobo antes solitário encontrou alguns irmãos.

Deixe uma resposta

error

Compartilhe amor com a gente!

YouTube
YouTube
Instagram