Tomar uma boa taça de vinho é bom, mas degustar uma cerveja na companhia dos seus melhores amigos é singular, único.

Poder dormir até mais tarde parece bom, mas acordar cedo para ver o nascer do sol é singular, único.

Ouvir música nos faz um bem danado, mas cantar e dançar ao som de sua canção favorita é singular, único.

Abraçar alguém nos traz conforto, mas acalentar alguém que não se vê há muito tempo é singular, único.

Apreciar a natureza e desfrutar da mesma é uma dádiva, mas cuidar daquilo que ela nos oferece é singular, único.

Ler um bom livro ou poesia é fazer a alma cantar, mas escrever alguns versos ou mesmo contar uma história é único, singular.

A vida é o maior tesouro de todos e vivê-la intensamente é único, singular.

Deixe Sua Opinião Ela é Importante Para Nós

SHARE
Previous articlePessoa certa na hora errada
Next articleYou and Me
Ygor Phelipe
Um sonhador, um homem de mil faces, de milhares de heterônimos e com uma missão: dar vida aos sonhos por intermédio das palavras. Poeta, romancista e apaixonado por livros, histórias e pelas viagens que elas proporcionam.