Overdose Poética

As sutilezas…

Um poema torto.
Cheio de saudade rasgada,
De urgências ‘lispectorianas’,
Dos sentimentos resignados.

E desejaria uma palavra à toa,
Se ainda acreditasse na tua figura,
Se ainda acreditasse na minha coragem…

Mariah Alcântara

Mariah, escritora, sonhadora e apaixonada pela vida. Escrevo desde os 15 anos, comecei com devoção por poesia e depois crônicas e contos (minha paixão). Faço parte de alguns projetos literários importantes, entre eles a Roda de escritores (que hoje tem outro perfil de trabalho) e Escritores da Era do Compartilhamento. Acredito que o sucesso vem com trabalho, e trabalho com amor gera sucesso.

Deixe uma resposta