Showing: 1 - 7 of 7 RESULTS
Overdose Poética

Moça, Primavera

Um ontem qualquer tornou-se inesquecível. Acordei, olhei as horas no relógio que maquina a todo o momento em delimitar minha vida. Andei distraído por esse longo dia, nada que fugisse da rotina bruta e ignorante. Era outono, céu pálido, as …

Crônicas

Infância de uma velha criança

Hoje amanheci me perguntando: quem seria eu em estado pueril de existência? Eu não sou o que sou por apenas querer que fosse, mas sou o projeto falido de uma educação transcendental, processo psicologicamente doloroso. Tal questionamento fez-me retornar no …

Overdose Poética

Cicatrizes

Um coração sofrido, amargurado, É o que resta neste homem desprezado, De Semblante caído, e dessa forma ele vai vivendo desiludido, Tem um olhar triste, e sem direção, Vive mergulhado no mundo da solidão. E quem o olha não imagina …