Arquivos Overdose Poética - Giz Da Alma
quarta-feira, janeiro 16, 2019
Home Overdose Poética

Overdose Poética

"O pensar que não nos leva a lado nenhum leva-nos a todo lado; todo o outro pensar é feito sobre trilhos e, por muito longo que seja o percurso, no fim ergue-se sempre (...) a rotunda de recolha. No fim há sempre uma lanterna vermelha que diz: Pare!" (Henry Miller)

Se liberte comigo ètoile Descrevo em versos  pequenos Essa tal forma de amor Pois quero viver com você Em um mundo chamado pra
Saudade de casa. Saudade de Minas. Saudade da manhã mineira. Saudade do colo do meu pai. Saudade das broncas do meu pai. Saudade do meu pai. Saudade do barrigão do meu avô. Saudade da vitamina do meu avô. Saudade da salada de fruta do meu avô. Saudade do...
Então ele dormia, sob a luz do luar Enquanto a noite vinha, Trazendo consigo sombras e escuridão.   Dorme menino dorme! Enquanto lá fora a tempestade cai, Molhando a terra que secou   Estamos esperando o teu despertar, Como aguardamos o nascer do Sol Que vem rugindo do Leste   Vem...
Eu dei uma trégua ao silêncio. Deixei ele pousar aqui no meu peito, se instalar por um tempo e não dizer nada. Eu me entreguei! Ao trabalho com total frenesi, aos livros, a boa música, as cores, ao chocolate e ao vinho suave. Um pouco pra ocupar a mente,...
Nas noites mais escuras, Estarei te esperando. Nos dias mais calmos, Estarei te observando.   Esperando a noite cair, Pra gente se encontrar. Esperando a Lua surgir, A Lua que está sempre à brilhar.   A noite chega e já avisto ao longe Um vislumbre de um sonho, A chegada de...
Que som é esse? Que escuto por todo lado, Este é o som do silêncio! Que cerca o homem abandonado.   Onde estão seus companheiros? Que lhe juraram lealdade. E nesse momento se escondem Era um juramento de falsidade?   As promessas eram vazias? De ao lado dele ficar? Apunhalando-o pelas...
Essa é você   És bela, tão bela Como uma flor Cujo perfume é capaz De permear minha alma. És tão doce, tão doce Como um manjar O qual nunca experimentei Porém sei que és maravilhoso. Como? Apenas sinto. Sua voz, ahh sua voz. Suave como plumas Que me enche os ouvidos...
III Folhas e mais folhas amassadas, emboladas e rasgadas, todas espalhadas pelo chão do quarto. Fragmentos de historias que ele não queria. Em todas faltavam algo que buscava sem ainda saber o quê exatamente. Levantou e se aproximou da janela aberta pra admirar a...
Tempo, o que tens a me contar? com certeza muita coisa, já que surgiste a partir do momento em que o mundo dividiu-se em noite e dia. Me fala o que vistes, o que ouviste, o que sentiste. Tempo, oh tempo, as pessoas...
Desculpa o palavrão, mas amar é foda. É foda também ser amada. Foda é não saber corresponder com veemência, ou não ser correspondido. Sexo também é foda. Mas, mais foda ainda é com intimidade. Foda é sorrir, brincar e fazer graça. Foda é não...
1,077FansLike
758FollowersFollow
289FollowersFollow

Mais Lidos