Arquivos Overdose Poética - Página 12 de 12 - Giz Da Alma
quarta-feira, janeiro 16, 2019
Home Overdose Poética

Overdose Poética

"O pensar que não nos leva a lado nenhum leva-nos a todo lado; todo o outro pensar é feito sobre trilhos e, por muito longo que seja o percurso, no fim ergue-se sempre (...) a rotunda de recolha. No fim há sempre uma lanterna vermelha que diz: Pare!" (Henry Miller)

Com um peso que não se podia explicar e nem mesmo se livrar, ele embarcou naquela máquina imensa que o levaria a quilômetros de distância. “São apenas cinco minutos”, repetia para si incansavelmente. “Apenas cinco minutos”. Com outro peso no coração, ela...
O que me dói é essa falta de zelo para comigo. Deixaste-te de ser meu amante e meu amigo? É essa falta de vontade? E essa falta de dizer a verdade?  O que me dói é a tua ausência.  É a falta da...
Você canta, Eu apenas escrevo Me encanta E eu me atrevo Como ventania louca A pôr na sua boca As palavras que tanto espero De você finalmente ouvir Mesmo que efêmero E poder sorrir. Então diz, falsamente Que não mentes Que sou seu amor por inteiro E que a metade do ponteiro Do...
Ora sofrida, ora linda. E ora dor, ora favor. Peço-te! Amo-te!  Fica? Vibra! Por mais um entardecer permanece. Mais uma única vez anoiteça. Dorme em meu leito. Ajeita-te em meu peito. Acaricia o meu seio. Faz tudo. Não meio. Meu rosto. Meu gosto....
Saudade de casa. Saudade de Minas. Saudade da manhã mineira. Saudade do colo do meu pai. Saudade das broncas do meu pai. Saudade do meu pai. Saudade do barrigão do meu avô. Saudade da vitamina do meu avô. Saudade da salada de fruta do meu avô. Saudade do...
Debruçou-se preguiçosa, Entre as vigas da janela Observando inquieta as proezas da vida Da cozinha emanava um cheiro de canela Que despretensiosamente à convida A espiar o que havia na panela: Canjica! Mas a mãe já gritava: ''Atrevida!" Esgueirou-se para o jardim Fugitiva com suas asas de Querubim. No...
1,126FansLike
758FollowersFollow
289FollowersFollow

Mais Lidos