Showing: 111 - 120 of 139 RESULTS
Overdose Poética

Explicado em verso e prosa

Eu dei uma trégua ao silêncio. Deixei ele pousar aqui no meu peito, se instalar por um tempo e não dizer nada. Eu me entreguei! Ao trabalho com total frenesi, aos livros, a boa música, as cores, ao chocolate e ao vinho suave. Um pouco pra …

Overdose Poética

Cassandra VI

VI A sala era uma confusa miscelânea de cores e telas completas, inacabadas e completamente em branco, eram os únicos decorativos ali. Era um cômodo grande e cheirava à criação. O autor estava no lugar certo. Após bater na porta …

Overdose Poética

És tudo

Ainda que todas as palavras se calem E todos os meus versos se acabem, O meu olhar continuará dizendo Que és aquilo que me falta.   Ainda que se sinta solitária, As suas mãos nunca ficarão vazias. Estarei aqui para …

Overdose Poética

Cassandra V

V Naquele dia já planejava a próxima parte da história de Cassandra, na verdade ideias e mais ideias ferviam em sua mente. Cassandra pedia vida e talvez agora ele soubesse o significado da palavra. O motivo de tanta felicidade vinha …

Overdose Poética

Cassandra IV

IV Há dias o escritor não conseguia escrever. Queria que a chegada do trem trouxesse grande mudança à monótona vida de sua personagem. Mas escrever sobre uma vida não solitária lhe era muito difícil, uma vez que desconhecia tal coisa. …

Overdose Poética

Cassandra III

III Folhas e mais folhas amassadas, emboladas e rasgadas, todas espalhadas pelo chão do quarto. Fragmentos de historias que ele não queria. Em todas faltavam algo que buscava sem ainda saber o quê exatamente. Levantou e se aproximou da janela …

Overdose Poética

Cassandra II

II Sentado sob a sombra de uma grande árvore, caderno e lápis ao chão, comendo uma fruta enquanto os pensamentos fervilhavam em busca de alguma ideia ou um simples fio de inspiração ao qual pudesse se agarrar. Sua personagem já …