Showing: 111 - 120 of 130 RESULTS
Overdose Poética

Cassandra II

II Sentado sob a sombra de uma grande árvore, caderno e lápis ao chão, comendo uma fruta enquanto os pensamentos fervilhavam em busca de alguma ideia ou um simples fio de inspiração ao qual pudesse se agarrar. Sua personagem já …

Overdose Poética

Cassandra I

I Caderno, lápis, borracha e uma ideia, eram tudo o que precisava. Estava ali, sentado sobre a cama, apoiando-se na cabeceira e pronto pra escrever. Deixou um longo espaço pra um título, o qual ainda não tinha ideia de qual …

Overdose Poética

O Amor o Tempo

Ah, o amor!  Só o tempo pode curar as feridas causadas pelo mesmo. O amor te muda, o amor te destrói e te reconstrói. Ah, o amor! O amor te faz feliz e te deixa triste quando não é correspondido. …

Overdose Poética

A beleza do foda-se!

Desculpa o palavrão, mas amar é foda. É foda também ser amada. Foda é não saber corresponder com veemência, ou não ser correspondido. Sexo também é foda. Mas, mais foda ainda é com intimidade. Foda é sorrir, brincar e fazer …

Overdose Poética

Hey, garota

Garota vem cá! Traz essa boca perto da minha e me beija de um jeito bem louco fazendo nossas respirações ficarem ofegantes. Hei garota vem aqui que agora eu que vou te beijar, vou segurar sua nuca enquanto meu polegar …

Overdose Poética

ATO 3

Já estava anoitecendo quando Zach passeava pela rua, viu ao longe seu amigo Angos seguir uma luz, sentindo algo suspeito resolveu acompanhar seu amigo. Porém, quando finalmente estava alcançando o amigo, este simplesmente desapareceu no ar. Pasmado com o ocorrido …

Overdose Poética

ATO 2

Com um lindo e caloroso dia que se iniciava Beth levantou-se num sobressalto, partindo direto para o banheiro, escovou os dentes, partiu para a mesa e tomou café em família, porém com uma sensação estranha de que algo ocorrera na …