Passo na mesma rua
Do nosso primeiro beijo
Sento no mesmo banco
Do nosso primeiro encontro,

Na mesma sorveteria de sempre…

Meus passos são lentos e tristes…

Sorrisos que não são mais os mesmos,
Resenha que não têm mais graça,
Planejamentos que não tem mais sentido.

É um tédio sem você aqui…

Queria adormecer
E te encontrar em meus sonhos
Talvez isso me daria motivos,
Força para continuar sonhando sabe?

Noites vazias, dias sem brilho.
Sonhos sem sonhos, passos sem rumo.

É assim que me sinto,
Toda vez que me lembro da sua partida…