Incrível como ela se comporta.
Simples, adorável e intensa feito uma manhã de sol,
delicada e rara como uma rosa sem espinhos.
Discreta, ela se destaca ao ajeitar seu cabelo…
Tipo a noite “num” dia estrelado.
Um misto de alegria sincera com uma bondade que fascina.
Dona de uma beleza ímpar.
Olhar apenas a tua aparência seria um desperdício, 
pois nada nela se compara ao tamanho do seu coração.
Ela me surpreende em gênero, número e grau.
Ela me surpreende e isso não acontece.
Ela me encanta.
Eu não danço, mas se ela me pedisse, eu dançaria.
Ela é como música… É poesia. 
Em mim inspirou esses versos,
pois apenas os reconheci observando-a.
Mal a conheço, mas ela me faz acreditar.
Ela mora longe, mas vale a pena.