Ainda ouvem seu grunir

Ainda ouvem seu penar

Ainda ouvem o sussuro

Na noite definhar!

 

O uivo da alcatéia

Tens alcançado seu coração,

E o lobo antes solitário

Encontrou alguns irmãos.

.

Entre amigos está agora

Da noite fria já não tem medo

Vai curando suas cicatrizes

Vai alimentando seu desejo.

 

O Lobo uiva para a Lua

Demonstrando sua devoção

O Lobo está entre amigos

O Lobo abandonou a solidão.

Eder Pereira

Written by

Eder Pereira

Por que você faz textos e poemas?
Porque é onde encontro minha paz interior, é onde eu consigo viajar e conhecer universos que só existem na minha imaginação.
Venha comigo para a terra do nunca, venha comigo uivar para a Lua, venha fazer parte da minha alcateia.