Overdose Poética

A garota dos cabelos cacheados.

Quem vem ao longe?

Com os cabelos ondulados

Que acompanham o vento

No alvorecer prateado.

 

Vem com passos dançantes

Tem um sorriso encantador

Sinto que estás mais próxima

Meu coração já disparou.

 

Venha e chegue mais perto

Quero te ver do meu lado

Quero te ver agora

Vamos relembrar o passado!

 

Passa-se o tempo…

E a moça não chega…

Então dou-me conta…

Estou sonhando…

 

Sob soluços me levanto

Chorando fico ainda pasmado.

Estava apenas vislumbrando

A garota dos cabelos cacheados.

Eder Pereira

Desde cedo se fez poeta, muito pela influência do seu avô Maurílio e sua mãe Marileide, sonha desde pequeno escrever um livro, contar histórias em versos e rimas, sempre muito fascinado pelo mundo da escrita e como você pode viajar por ele mesmo sem sair do lugar, "O Uivo da alcateia tem alcançado seu coração, e o Lobo antes solitário encontrou alguns irmãos.

Deixe uma resposta