Overdose Poética

 INDAGAÇÕES DE UM CORAÇÃO

No silêncio de minhas indagações, é chegada a hora de arrumar a bagunça do meu coração.

Coração este que ora quer carinho, ora quer o desapego.

Coração cheio de manias, é um querer diferente a cada dia. E é neste emaranhado de sentimento que chego à conclusão de que o amor é o maior motivo para que ele continue a pulsar fortemente.

Sorte daquele que conseguir nem que momentaneamente ser a razão do meu sorriso, do brilho dos meus olhos e se confortar nos meus abraços.

Uma história para sonhar, e só é através do sonho que a vida tem mais colorido.

Colorido de uma vida preto e branco que terá sentido se você estiver comigo!

Juliana Franco

"Sou péssima em gramática quando o assunto é coração. Não sei quando usar o ponto final". Zack Magiezi

Deixe uma resposta