Crônicas

Lápis da Vida

Existe um provérbio africano chamado “Ilaphi N´rethe” que significa que  o lápis é o remédio. Tive contato com esse provérbio ao ganhar um livro de um grande amigo. Quando compreendi o valor de um lápis, passei a instrumentalizar a dor, as alegrias e tudo que me cercava através da escrita.

Ao escrever passei então a lutar  pelo controle de minha mente e dos meus sentimentos. Aprendi a compreender o silêncio, e ele passou a ser meu abrigo, pois o silêncio significa também reflexão, resistência, carinho e respeito para consigo e com os outros.

Se algo está errado temos a possibilidade reescrever com outras narrativas, podemos corrigir e tentar de novo. O lápis é o remédio para além de nossas almas.

A escrita é a capacidade de se comunicar com o universo das palavras e das pessoas. Portanto,  a escrita vem por meio da educação e, é ela que possibilita a consciência de como utilizar um lápis, e assim temos a capacidade através da escrita para fazer reflexões  obre nós e o mundo.

O lápis é o remédio!

Jessica Rosanne

"As palavras são como uma espécie cura é uma mistura de céu , mel e fel .Acredito em seu poder e no universo que nos proporcionam.São como gente e gente miúda, que precisa de cuidado para não matar ou ferir".