Olha só, esta medalha de ouro estampada aqui no peito, que reluz como o sol no horizonte, é o sinal de que eu sou sim medalhista nesta vida, e não é apenas fictícia não, vou te dizer porquê.

Esta medalha é pesada, traz consigo todos os sonhos que outrora desejei. Lá, em um passado meio que distante, eu quis ser mais que uma mera espectadora nessa vida. Não queria me contentar com a inércia. E uma longa jornada teve seu começo.

No início, é assim mesmo. Você não sabe muito bem o que fazer e como fazer. Para falar a verdade, você dificilmente terá certeza se está na direção certa e em muitos momentos, em inúmeros momentos, você irá vacilar, até mesmo se questionar se realmente valerá a pena continuar. Vai por mim, não desista! Resista, insista, persista!

O sonho é seu, não é mesmo? Quem mais poderá realizá-lo? Ninguém irá correr atrás por você! Essa missão é apenas sua!

Muitos aparecerão rotulando que isto é loucura. Pessimistas são! Outros tantos terão inveja. Não dê ouvidos! Aprenda com a maturidade, tenha sabedoria e discernimento. Ah, mais um aviso: para conquistar estes três princípios, você enfrentará muitas tempestades.

Surgirão sim alguns anjos camuflados de pessoas. Estes te ajudarão a suavizar algumas quedas, até poderão te fazer mais forte em determinadas batalhas. Mas entenda que quem precisa dar os passos e continuar a escalada rumo a vitória é você.

Nessa sua jornada em direção ao lugar mais alto, você verá pessoas amadas partindo e outras permanecendo. Ah, mas a solidão será sua companhia por incalculáveis noites e dias. Terá medo, se sentirá incapaz, duvidará de você mesmo. As lágrimas vão inundar seu travesseiro e te sufocar em agonia. Sentirá o peso do mundo em suas costas. E olha, momentos assim se repetirão inúmeras vezes. Então, dependerá de você, apenas de você, se um quase lá será mais valioso que o cair, levantar e continuar.

E quando você vislumbrar a proximidade com o pódio, seus olhos brilharão, seu corpo estremecerá e o sorriso estampado será gigante, assim como você e seus sonhos. Nesse momento, comemore, vibre, entoe seu hino de realização.

Você ainda precisará ouvir de muitos que foi apenas sorte. Só que isso não importa mais, pois todo o brilho dos seus sonhos te mostrarão que você nasceu para colecionar medalhas de fé nessa vida, e que o mundo ficará pequeno para o ouro dos seus sonhos. Basta acreditar em você!

 

Por Wanessa Rocha, a cada dia aprendendo com a vida o valor real do sonho.

Deixe Sua Opinião Ela é Importante Para Nós

SHARE
Previous articleSofro de verbologias
Next articleA ilusão
Wanessa Rocha
Apaixonada por poesia, cores, sabores, lugares, sorrisos, livros, fotografia, músicas, família, amigos, natureza... Uma pequena andarilha errante de alma transparente e eterna aprendiz com a vida!