O relógio marca meia noite

O sino da Igreja toca,

(Tunnn Tunnn Tunnn)

O despertar está a caminho

Daqui a pouco saem da cova

 

Pois é a noite dos monstros

Relembrar os tempos áureos

De um existência que se perde na lembrança,

Enquanto se é corpo frio, fétido e sombrio.

 

O uivo do Lobisomem anuncia.

(Auuuu Auuuu Auuuu)

É chegado o momento,

De sair na noite e espalhar tormento.

 

Zumbis, vampiros e outras aberrações

Atendem ao chamado macabro.

Mas é século XXI.

Não arrancam nenhum arrepio

Frustrados voltam em silêncio…

Nenhum susto colhido.

SHARE
Previous articleA Fé que nos faz Crescer
Next articleNosso tempo passou
Eder Pereira
Por que você faz textos e poemas? Porque é onde encontro minha paz interior, é onde eu consigo viajar e conhecer universos que só posso conhecer na minha imaginação.

4 COMMENTS

  1. Eder e sua imensa versalidade para falar qqr assunto em forma de versos! Parabéns poeta!

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here