Dopamina, estrógeno, oxitocina e testosterona compõem a orquestra cerebral responsável pela paixão. Vocês sabiam que as áreas do cérebro ativadas pela paixão são as mesmas que pelas drogas ilícitas? Pois é, por isso leia ao som de…

O mágico tem cerca de 1.90 m de altura. É ando chutando a estatura alheia, mas cada centímetro esconde inúmeras facetas de coisas que a amante das palavras detesta. Sim, taurinos são seres difíceis e teimosos, mas eu amo o jeito que ele se esquece do mundo ao meu lado.

Já que é para me tornar um coração aquariano de gelo derretido, eu também amo quando ele dorme sem fazer barulho, e ali deitado na minha cama, quase que em prece me sussurra no ouvido algo do tipo: “Me beija e me acorda”. E adivinhem exatamente o que eu faço?

Eu amo quando ele insiste em mandar uma música gravada na hora. Isso, quando eu mando um “canta pra mim”, meio que exigindo pontes diárias de atenção, carinho e coisas fofas.

E amo a capacidade motora e desengonçada que ele dança, apenas para fazer quem eu amo muito um bem danado. E o amor cresce ainda mais quando ele se faz de palhaço, músico, professor só pra toda essa gente que o rodeia ser feliz de novo, e de novo.

Aí, sinto que amo o jeito que ele me dá presentes inéditos, do tipo uma panela azul, e como planeja fazer nela as mais inusitadas refeições. E me irrito fácil quando ele não me ouve quando o assunto é cortar o cabelo. Mas retiro todas as minhas broncas quando a teimosia taurina é superada por algum conselho meu.

Ando a desejar que ele encante o meu coração de vez, porque eu já tenho muito medo de não amá-lo o suficiente. Já que eu já amo muito o jeito dele nunca me achar doida, insensata e insegura. E mais ainda, quando certamente sou tudo isso e ele ainda fica.

E fica comigo com certa aptidão de fazer apreciar a disposição de se importa com o que digo, sinto e sonho. E ainda mais, quando respeita a artista que eu sou e percebo que já é enorme o afeto diante dos elogios cuspidos. Pois quando ouço que sou linda, ele me faz sentir que de todas as formas eu serei única.

Portanto, sei que ele é um jeito poético de Deus ter colocado um mágico no meu caminho que me faz entender as fugas. E nesse caso… Meu Céu…

“Vamos fugir
Eu em você
Você em mim
Simples assim
Vamos sumir
Desaparecer
Fala que me ama
E me engana”.

(Tiago Iorc)

Natália Rezende

Written by

Natália Rezende

Um ser amor. Acredita em contos de fadas e em todos os mundos mágicos do universo das palavras. Das mais certas, mas também possuí incertezas. Um pouco louca. Escreve e sonha.