Olha só quem me apareceu novamente. Depois de quanto tempo ela vem me assombrar de novo. É morte, você está querendo o quê comigo? E dessa vez você veio tão forte, tão convicta que me levaria, que até pensei que fosse minha hora.

Jamais pensaria em provocar um acidente como hoje  senti vontade. Queria apenas tirar do peito e do coração o sentimento de dor, de perda, de um sentimento que me deixou estranhamente se envolver por você, Dona Morte. Isso não é amor. Ou é amor?

Dizem que o amor é tudo de bom, que é flores, que se chega até a ver estrelas e que nos sentimos  nas nuvens. Realmente. Passei por todo esse processo de magia e encanto, de sentir o amor arrepiando todo o corpo com o desejo de ter a outra pessoa ao meu lado, sentir o cheiro dela, o perfume diferente, o gosto do beijo que fascina e enlouquece. E ela tem tantos segredos a descobrir sobre mim. Mas jamais saberei a reação dela, já que ela capta tudo e as transforma em tempestade.

É Morte, consegui escapar de você mais uma vez, e da próxima?! Haverá próxima? Ou agora vai ser pra sempre? Por favor, deixe-me estar com a amada mais uma vez, me deixa sentir aquele abraço e aquele corpo envolvente ao menos mais um instante. Eu já disse que se tudo fosse perfeito não teria e nem faria sentido. Realmente quando se ama discute o minuto atrasado, você espera ansioso e acelera a velocidade do carro para encontrar logo a outra pessoa, esperando sentir o abraço, o beijo e o carinho da pessoa que se espera. O amor, Dona Morte, faz isso mesmo com as pessoas e quando elas têm o sentimento de perda, você vem para amenizar a dor delas, mas você vem de uma forma errada, tira a vida de algumas e tira também a oportunidade de uma reconciliação, tira a chance do conto de fadas terminar bem com um final feliz. Você causa dor e muita dor, mais dor do que se imagina e causa em muitas pessoas. Dessa vez, é amor, penso que é pra valer. Afinal já passamos por tantas coisas e temos muito mais a passar.

O  que será de nós se continuarmos assim? Não irá render, não irá pra frente. PARAAAAAAAA. Eu IMPLORO. Eu só quero SER FELIZ e mais nada. Sem “porque “, sem “para quê” , sem questionamentos, só quero ser feliz, estamos no caminho, mas ainda me perco sem o status que eu tanto temia e que julgava sendo desnecessário. Hoje vejo que é o status que eu procuro para mostrar a mim mesmo a pessoa maravilhosa que encontrei para dividir comigo os meus momentos e ouvir os dela.

CHEGAAAAAAAAA. Eu não aguento mais discutir e ter DRs está me desgastando. Eu só quero abraçá-la e terminar bem meu dia, noite, tarde e madrugadas. Eu só quero fugir com você pra bem longe. Eu só quero VOCÊ, mesmo ela não entendendo nada e nem como isso é possível. Mas não tem que entender, eu já disse, tem só que sentir. Leve-me morte, leve-me com você, mas não a culpe. Nem a deixe ser culpada. Vamos então fazer um trato. Eu deixo tudo se ela ficar, eu deixo meu passado, meus amores, minhas paixões momentâneas, deixo meus vícios, minhas virtudes. Não tenho mais nada a perder se ela se for, diz pra mim, morte, o que mais você quer da minha vida?

Rapharl Naciff Carneiro pelo seu Próprio espírito póstumo em um dia qualquer.izeorquara que”

SHARE
Previous article
Next articleRelax! I have a plan
Raphael Naciff
O que nos separa é a coragem de escrever. Revelar o que escrevemos no papel vai além de descobrir os segredos da nossa memória. Raphael Naciff Carneiro em Memórias Alucinantes de um espírito qualquer.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here