O triste fim do Lobo, a história nunca contada

1
202

Era uma vez, numa floresta bem distante da cidade, onde ali vivia um lobo, a floresta estava quase inabitada desde que ali acontecera uma tragédia. O Lobo passava por um rio quando se deparou com uma cena difícil de digerir, um caçador estripava um cadáver o qual se identificou de um Lobo e de dentro dele retirou pedaços do que parecia ser restos humanos, dava bem para identificar porque ainda estavam frescos, do lado do caçador havia uma menininha chorava muito, ela trajava um vestido rendado e um capuz vermelho para rebater o vento que assobiava nas arvores, o Lobo vendo essa cena passou a fitar a menina com a leve impressão de que já a conhecera de algum lugar. E assim com essa duvida ele permaneceu até que resolveu repousar e deixou ali o caçador com a jovem do Capuz vermelho.

Algum tempo se passa…

3 Dias depois o lobo passa novamente pelo mesmo rio e eis que novamente encontra o mesmo caçador na mesma cena, dissecando o lobo e dentro dele restos de um humano e a mesma menininha que ele apelidou de chapeuzinho vermelho, que chorara copiosamente, parecia que quem estava ali na barriga daquele lobo era algum conhecido ou parente dela, o lobo novamente ficou ali por alguns momentos até que resolveu sair para procurar uma caça…

Passaram-se novamente alguns dias e o Lobo estava faminto não encontrava nada que satisfizesse sua fome que por sinal era enorme, era como se tivesse um buraco na barriga, então o Lobo passou novamente pelo rio para beber água e eis ali a mesma cena, o Lobo então se questionou o porque daquilo estar acontecendo, será que havia ficado louco?

E assim a mesma cena se repetia e o Lobo nada entendia, não sabia o porque daquilo estar acontecendo.

Até que um certo dia o Lobo chegou ao lado da Chapeuzinho Vermelho e ali ele pode ver mais de perto o cadáver que estava sendo rasgado pelo caçador, então se deu conta….

O Lobo que estava sendo dilacerado pelo Caçador era na verdade ele mesmo, o Lobo já não mais ali estava veio em sua memória que havia sido morto pelo caçador por ter devorado a Avó da Chapeuzinho e ali onde se encontrava era na verdade uma punição por ter feito tal atrocidade, ali onde ele se encontrava era seu inferno pessoal o qual estava condenado a viver eternamente vendo essa cena e ainda por cima num lugar sem quaisquer vestígios de comida, assim sua fome insaciável apenas crescia , esse é o final trágico do Lobo que comeu a vovozinha.

SHARE
Previous articleO pai que quero ser
Next articleCarência para quê?
Eder Pereira
Por que você faz textos e poemas? Porque é onde encontro minha paz interior, é onde eu consigo viajar e conhecer universos que só posso conhecer na minha imaginação.

1 COMMENT

  1. I’ve been absent for some time, but now I remember why I used to love this website. Thank you, I will try and check back more often. How frequently you update your website?

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here