Espero que não seja tarde

Quando me restar só recordações,

Relembrar do que passou

E não convir decepções.

Será que houve proveito

De tudo aquilo que fiz?

Dos momentos bons,

Das horas que fui feliz?

Um minuto pode ser muito

Pra colocar tudo a perder

Casamentos, amizades

Aquilo que era pra ser.

Será que na minha velhice

Irei ficar abandonado?

Pressuponho tudo isso

Em um passado imaginado.