Crônicas

Pra te dizer

Eu quis te ligar hoje cedo, queria ouvir sua voz; até ouvir o seu silêncio seria bom. Mas eu não fiz… E em todas as vezes que eu disquei o seu número, com a mesma saudade, eu apaguei. Deve ser um outro momento dos nossos. Silêncio, distância e saudade.

Melhor assim, me convenço.

Eu quis saber da sua vida, esses dias. Quis te contar um pouco da minha, falar dos livros que li, dos filmes que vi, queria te contar que fiz uma lista das coisas que a gente nunca fez. Mas, eu desisti. Não dá pra arrancar o outro da solidão, se não lhe faremos companhia.

Nossas vidas seguem, cruzam e descruzam nos caminhos que percorremos. E agora eu aceito. E tomo a saudade como nossa lembrança e deixo acontecer.

Por vezes, queria que você ligasse, para uma conversa atoa, deixar o riso solto, ser só isso, até acabar. Mesmo que o acabar seja em breve.

Hoje eu estou pensando em você!

Mariah Alcântara

Mariah, escritora, sonhadora e apaixonada pela vida. Escrevo desde os 15 anos, comecei com devoção por poesia e depois crônicas e contos (minha paixão). Faço parte de alguns projetos literários importantes, entre eles a Roda de escritores (que hoje tem outro perfil de trabalho) e Escritores da Era do Compartilhamento. Acredito que o sucesso vem com trabalho, e trabalho com amor gera sucesso.