Olham para ela

Com um olhar de reprovação

Ela caminha com lagrimas nos olhos

E nada no coração.

Perguntam porque tanta frieza

Era uma menina tão boa, alguém dizia

Comentam sobre sua rebeldia

Mas nunca se preocuparam em saber o que ela sentia.

Desde muito nova

Aprendeu a esconder seu sentimento

Quando se sentia sufocada

Deixava suas lagrimas irem com o vento.

Quando era pequena

Ouviu que o choro

É sinônimo de fraqueza

Será esse o motivo de tanta frieza?

Eu não sei ao certo a resposta

Nem que eu quisesse saberia te dizer

Eu só posso afirmar uma coisa

Essa garota nunca vai deixar de escrever.

Karoline Antonia

Written by

Karoline Antonia

Escrevo para acalmar a alma.