Overdose Poética

Sinto falta

Sinto falta daquele tempo bom,
Daquele tempo antigo,
Sinto falta da nossa amizade
De te chamar de amigo.

Sinto falta da nossa infância
Da nossa juventude,
Mas hoje somos reféns
De um tempo que urge

Nada está como antes
Já não temos mais tempo
De dizer um te amo
Para um amigo verdadeiro

Sinto falta dos nossos momentos
Da nossa amizade,
Das nossas alegrias juntos,
Das nossas tristezas juntos,
De nós dois juntos…
Sinto sua falta

Eder Pereira

Desde cedo se fez poeta, muito pela influência do seu avô Maurílio e sua mãe Marileide, sonha desde pequeno escrever um livro, contar histórias em versos e rimas, sempre muito fascinado pelo mundo da escrita e como você pode viajar por ele mesmo sem sair do lugar, "O Uivo da alcateia tem alcançado seu coração, e o Lobo antes solitário encontrou alguns irmãos.