Não estrague seus dias… não abandone a sua vida…

Nada é pra sempre e nem está tudo perdido….

Olha o fogo abrasador, que consome com suas chamas vorazes a vida verdejante…mas ela vai passar…Ela sempre passa, e das cinzas do seu incêndio que devasta a floresta a vida renasce… E depois de vir o orvalho, tudo vai se aquietando…

Assim… no outro dia a chuva cai… acalenta e fertiliza o solo… tudo ao seu redor, de seus olhos podem parecer apenas morte e devastidão,  mas no seio,  no íntimo da terra a vida pulsa… Ela volta, ela está lá, aliás ela nunca se foi… Ela só espera na paciência do seu tempo de florescer mais uma vez….

E se o fogo voltar? Não temas! Não há medo na natureza, tudo pode ser recomeçado a cada dia. Então confia… se entrega, renasce das cinzas mais uma vez.

O calor do Sol, é o chamado para o dia novo, nova vida, novo broto, frágil, mais ainda assim de pé…

Então a vida é movimento, quedas, queimadas, lágrimas, chuva, solidão, dor,  sempre irão fazer parte do caminho, isso não é punição, é o existir, é a renovação, é a vida te ensinando a ser broto mais uma vez. E  lembra de nós, isso é um aprendizado, como o grito de uma mãe que te chama a atenção  por muito de querer bem.

Somos seus filhos quando aprendemos a ser como crianças e dependemos de seu socorro. Existem muitos obstáculos que precisamos passar na vida, mas não desanime porque estamos indo em direção da luz esse caminho é repleto de muitos desafios e as escolhas são suas, cada um no seu tempo de florescer… seja como a floresta, seja generoso consigo mesmo, com o que você é na essência, com o que você faz no seu dia a dia.

Olha pra você! Tu és muito mais do que imaginas! Reverencie os seus antepassados, eles também trilharam caminhos árduos  para que você chegasse até aqui. Não faça a sua descendência mendigar o amor que tão generosamente recebeste!

Você tem o poder de doar, de servir de fazer parte de toda a existência, deixe o amor se apoderar de sua alma e sinta a alegria de ser uma criança mais uma vez, reverencie o germe da vida em si mesmo, como quem descobre os segredos da vida, corra com os pés no chão em uma grama verde e esqueça de tudo de ruim que aconteceu e simplesmente sorria.

5 COMMENTS

  1. Acho tão lindo quando as palavras se envolvem com a natureza, a vida, o universo, transcrevendo a evolução em todos os sentidos e dando sentido a nossa existência. Parabéns! Lindo texto!

  2. Thanks for the sensible critique. Me and my neighbor were just preparing to do a little research on this. We got a grab a book from our area library but I think I learned more from this post. I’m very glad to see such magnificent info being shared freely out there.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here