Eu não gosto de clichês, mas existem momentos em que eles nos pegam de surpresa e somos quase que obrigados a concordar. O clichê mais atual, por assim dizer, é sobre as voltas que o mundo dá. Óbvio que não estou falando sobre movimentos de rotação ou translação da Terra, mas é bom esclarecer, né?

E não, não falarei sobre as voltas que o mundo dá quando uma pessoa que te prejudicou ou te fez sofrer, também está passando por situação equivalente. É muita pobreza de espírito. Mas falemos sobre as voltas gostosas que o mundo dá, sim, aquelas surpresas jamais imaginadas, os reencontros mais inesperados possíveis, aquele sinal de que realmente não devemos perder as esperanças na vida, que o nosso destino já foi traçado desde antes do nosso nascimento, basta que façamos por onde.

Chega a ser engraçado como as coisas acontecem. A vida passa por fases intermitentes, assim como o clima, uma hora esquenta, outra esfria, daqui a pouco começa a chover, outra hora o céu fica azul sem uma nuvem sequer. E também existem os períodos em que é quente por vários dias consecutivos, ou que chove por uma semana sem parar. Sua vida pode estar passando por dias confusos, instáveis, a felicidade pode ficar com você por um tempo e depois ir embora, e você pode passar por um período de intensa tristeza por vários dias, mas jamais se esqueça, o céu de brigadeiro está por vir, assim como a sua felicidade, suas realizações e ficarão por um bom tempo.

Depois que você compreende que a vida é inconstante, que ninguém é feliz 100% do tempo, 100% dos dias, você aprende a lidar melhor com os dias nublados. Mas uma coisa é fato, a vida sempre nos surpreende! Das voltas que o mundo dá, ele pode acabar trazendo de volta uma paixão da infância, amigos que por qualquer razão se perderam de você, uma oferta de emprego que há tempos você recusou e agora lhe é oferecida novamente. Singelos exemplos de como podem ser gostosas essas voltas que o mundo dá.

A vida é fascinante, de arrepiar, de fazer pirar. E nessa loucura, enquanto uns se perdem, outros acabam por se achar, se encontrar, se reencontrar.

É, confesso que sou um pouco clichê, mas não tenho culpa se o destino se encarrega de levar o que é pra ser de volta até você.