– Folia! Música! Alegria!

– É chegado o carnaval!!!

– É tempo de feriado, agitação, festa, amigos, badalação, curtição, pegação, carnaval de rua!

– Ihuuuuuuuu! – respondeu um outro mais empolgado ao fundo – Esse ano vai ser o melhor de todos!

André estava em seu canto. Observava a empolgação dos colegas de escritório com a chegada de mais um carnaval. Todos ali com seus planos, viagens marcadas, agenda cheia.

– Esse bloco vai bombar, ouça o que te digo. – continuavam a galera.

André se afastou. Os demais não perceberam, tão entusiasmados em contar vantagem de quem estava com a programação melhor. Também, desde quando entrou nesse novo emprego, André sempre foi mais introspectivo, de poucas palavras.

Lá estava ele em pé, frente a janela grande que se encontra na sala, já observando a cidade em sua rotina tumultuada em pleno horário de expediente, em mais uma semana qualquer, antecedendo ao carnaval. Pensamento saudoso.

Se lembrara de que há exatos cinco anos atrás também se encontrava em entusiasmo e expectativa, com contagem regressiva para o tal esperado carnaval de rua. Abadás comprado. Viagem toda programada. Um feriado de carnaval na praia, com amigos, regado de muitas bebidas.

O que ele e seus amigos não esperavam é que na viagem de volta, ainda com efeito de noites mal dormidas, seu irmão cochilasse ao volante.

Naquele dia, André perdeu seu irmão e mais dois amigos de infância. Acordou vários dias depois de um coma, sem entender muito o que estava acontecendo.

Hoje, traz consigo uma cicatriz na cabeça e a perna ainda manca. Sofre a cada vez que vê sua mãe chorando pelos cantos com a eterna saudade do filho que se fora. Procura entender o porquê de apenas ele sobreviver.

Hoje, e nos demais dias que se seguirem, André sente que deve aproveitar a vida que tem!

Essa não é uma história feliz de carnaval, mas é sim um relato do que aconteceu/acontece com tantas pessoas e famílias por aí. Como tudo na vida, existem os bons e maus momentos, e não seria diferente em época de carnaval. Que saibamos apreciar essa época festiva e que compreendamos o valor da vida!

Deixe Sua Opinião Ela é Importante Para Nós

SHARE
Previous articleUm conto possível
Next articleViagem no tempo
Wanessa Rocha
Apaixonada por poesia, cores, sabores, lugares, sorrisos, livros, fotografia, músicas, família, amigos, natureza... Uma pequena andarilha errante de alma transparente e eterna aprendiz com a vida!