Recentemente ouvi um comentário na qual afirmava, que generosidade tem que ter limite. Essa premissa me fez refletir profundamente, sobre o modelo sociedade estamos construindo.

É fato que estamos numa geração em que as identidades são líquidas. A hipocrisia é naturalizada.O desejo de lutar pelo o bem comum tem sido desvalorizado. A pessoa é taxada de “besta” por ter a sensibilidade de se colocar no lugar do outro. “Sinceramente não compreendo uma generosidade pela metade. Pois, sempre temos a possibilidade de fazer diferente”.

A escritora, Sojourner Truth, fez a seguinte reflexão 1843, “Se minha caneca não está cheia nem pela metade e se a sua caneca está quase toda cheia não seria mesquinho da sua parte não completar a minha medida?”. Já Nelson Mandela, um dos grandes líderes da história, também dizia; “para sermos a mudança que queremos ver no mundo”.

E quais são as pontes que temos construído diante dos abismos da intolerância e desrespeito? Tá na hora de sermos protagonistas da mudança que tanto queremos. E podemos começar pela generosidade.

Deixe Sua Opinião Ela é Importante Para Nós

SHARE
Previous articlePecados Capitais
Next articleTOC TOC TOC: Vamos falar sobre TOC?
Jessica Rosanne
"As palavras são como uma espécie cura é uma mistura de céu , mel e fel .Acredito em seu poder e no universo que nos proporcionam.São como gente e gente miúda, que precisa de cuidado para não matar ou ferir".