Enquanto os dias vão passando, as noites vão se aproximando.

Quando a tempestade terminar e o som do silêncio afanar, temos todo um mar para viajar.

Na beirada da costa, em câmera lenta vão passando as ondas do mar.

Você tem toda areia do mar de possibilidades para alcançar.

Ao florescer da primeira margarida na primavera,

No bater das asas dos pássaros no inverno,

Ou nas risadas no gramado do quintal no verão,

Até as folhas secas no outono

A vida eclode a todo instante.

Temos a chance de aprender, temos força para lutar.

Possuímos sonhos para sonhar e temos asas para viajar.

O vento então não descansará, sobre sua vida soprará,

Levando você a encontrar, o lugar onde a diferença você fará.

Em Janeiro, pode o ano recomeçar, em Março as águas o verão fechar, e em Novembro retornar, fazendo o ciclo da vida nunca parar.

Então não feche os ouvidos a esta canção, abra seu coração, faça expandir sua visão, até o fim deste belo refrão, desta vida, desta imensidão.

Deixe Sua Opinião Ela é Importante Para Nós

SHARE
Previous articleUm carnaval diferente
Next articleTá tudo bem tá tudo errado. É normal!
Ygor Phelipe
Um sonhador, um homem de mil faces, de milhares de heterônimos e com uma missão: dar vida aos sonhos por intermédio das palavras. Poeta, romancista e apaixonado por livros, histórias e pelas viagens que elas proporcionam.