Pensamento longe, vagando distante. Lá estava ela na varanda, corpo presente, alma distante. Nem se dava conta que em sua frente o sol já estava se pondo no horizonte, deixando o céu todo iluminado com aquele alaranjado vivo se misturando as nuvens.

“- Ei, vamos para nossa caminhada no parque?” – disse ele, quebrando o silêncio.

“- Queria entender porque o amanhã é sempre tão incerto!” – questionou ela, tipo para si mesmo, sem olhar para aquele que a observava da porta.

“- O amanhã só acontece depois do hoje!” – respondeu ele – “Vamos viver o agora?”

Deixe Sua Opinião Ela é Importante Para Nós

SHARE
Previous articleO que realmente importa
Next articleSeja Luz…
Wanessa Rocha
Apaixonada por poesia, cores, sabores, lugares, sorrisos, livros, fotografia, músicas, família, amigos, natureza... Uma pequena andarilha errante de alma transparente e eterna aprendiz com a vida!

7 COMMENTS